Brasil
Agricultura

Plantação de milho: manejo eficiente da lavoura

Pragas, plantas daninhas e doenças como a ferrugem tropical prejudicam o cultivo de milho. Confira as soluções integradas e sustentáveis da BASF e saiba como podem auxiliar no manejo eficiente da lavoura de milho.

Na cultura do milho, assim como na cultura da soja, as ferrugens merecem atenção dos produtores. Denominada ferrugem tropical, a doença encontra condições favoráveis para o seu aparecimento em regiões quentes, de alta temperatura e baixa altitude. Os primeiros sintomas são pústulas de formato arredondado nas duas fases da folha.

Em condições severas, pode ocorrer a morte prematura das folhas, comprometendo assim a produtividade do cultivo de milho. Para fazer um manejo eficiente é importante utilizar híbridos resistentes à doença, semear na época correta e aplicar fungicidas de alto desempenho.

 

Além de doenças como mancha branca e ferrugem polissora, as pragas como lagarta do cartucho, percevejo barriga verde e cigarrinhas estão entre as mais agressivas para as lavouras de milho. Dependendo do nível de infestação dessas pragas, o potencial produtivo da planta pode ser seriamente comprometido. Conheça as recomendações da BASF quanto ao tratamento de sementesfungicidasherbicidas e inseticidas para milho.

Portfólio

Conheça as Soluções BASF para o cultivo do Milho e seu momento de aplicação!

Clique nos botões para navegar na imagem 

Posicionamento Milho_2020_148.5x100cm.png

Dicas no Manejo

Produzimos uma série de conteúdos para te instruir melhor sobre o manejo do cultivo e as melhores práticas com as Soluções BASF

Confira os depoimentos do Cultivando Histórias

Texto Legal

ATENÇÃO ESTE PRODUTO É PERIGOSO À SAÚDE HUMANA, ANIMAL E AO MEIO AMBIENTE. USO AGRÍCOLA. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO. CONSULTE SEMPRE UM AGRÔNOMO. INFORME-SE E REALIZE O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS. DESCARTE CORRETAMENTE AS EMBALAGENS E OS RESTOS DOS PRODUTOS. LEIA ATENTAMENTE E SIGA AS INSTRUÇÕES CONTIDAS NO RÓTULO, NA BULA E NA RECEITA. UTILIZE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. RESTRIÇÃO TEMPORÁRIA NO ESTADO DO PARANÁ PARA A CULTURA DO MILHO: STANDAK® TOP PARA O ALVO PHYTIUM SPP., PONCHO® PARA OS ALVOS DICHELOPS FURCATUS, FRANKLINIELLA WILLIAMSI E PHYLLOPHAGA CUYABANA. REGISTRO MAPA: STANDAK® TOP Nº 01209, PONCHO® Nº 07003, HEAT® Nº 1013, LIBERTY® Nº 5409, POQUER® Nº 8510, BASAGRAN® 600 Nº 0594, NOMOLT® 150 Nº 1393, PIRATE® Nº 5898, VERISMO® Nº 18817, IMUNIT® Nº 08806, ABACUS® HC Nº 9210, ATIVUM® Nº 11216 E ORKESTRA® SC Nº 8813.

Conheça nossas soluções