Brasil
Agricultura
Brasil
Agricultura

Florestas

Plantas daninhas como buva e trapoeraba, e pragas como formigas cortadeiras e cupins podem impactar na produtividade das florestas. Por isso, é necessário fazer um manejo correto com soluções inovadoras que assegurem a sustentabilidade das florestas plantadas no Brasil.

Saiba como a BASF pode auxiliar no manejo eficiente das florestas

Sabemos que as formigas cortadeiras podem trazer severos prejuízos às florestas. As formigas cortadeiras atacam as florestas em qualquer fase de desenvolvimento da planta. Estas pragas também são consideradas de difícil controle, pois a rotina de trabalho das cortadeiras ocorre com mais frequência em períodos noturnos, dificultando a localização dos formigueiros. Para um combate eficiente das cortadeiras recomendamos a limpeza frequente da área plantada, além do uso de inseticidas que auxiliem na produtividade das florestas.

Buva, erva-quente e trapoeraba são consideradas algumas das plantas daninhas que mais impactam na produtividade das florestas plantadas, pois competem por água, luz e nutrientes, podendo causar a perda de rentabilidade do silvicultor, caso o controle não seja feito de maneira correta. Vale ressaltar, ainda, a severidade da buva, erva-quente e trapoeraba nas florestas, já que a adaptação e dispersão delas ocorre mais rapidamente, além de conseguirem retirar os nutrientes do solo.

O manejo integrado de plantas daninhas é essencial para impedir a matocompetição com as florestas plantadas. Não deixe de utilizar todas as opções de controle para assegurar a rentabilidade da sua produção. Um bom preparo do solo e o uso de cobertura são algumas das recomendações, assim como o controle químico com herbicidas eficientes, levando em conta o período residual e a seletividade.

Confira as soluções BASF para as florestas

FUNGICIDAS

Comet®
Opera® Ultra

SELO CROPLIFE

Uso exclusivamente agrícola. Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos. Incluir outros métodos de controle do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Restrições temporárias no estado do Paraná na cultura da uva: Verismo® para o alvo Cryptoblades gnidiella. Registro MAPA: Nomolt® 150 nº 01393, Comet® nº 8801, Opera® Ultra nº 9310, Blitz® nº 06796, Tuit® Florestal nº 6504, Pirate® nº 5898, Chopper® Florestal nº 06404 e Valeos® nº 2515.

Conheça nossas soluções