Choose a location

    Cultura do Amendoim


    CULTURA DO AMENDOIM

      Doenças, pragas e plantas invasoras podem comprometer a produtividade do cultivo de amendoim. Evite perdas fazendo um manejo eficiente e sustentável.

      Saiba como a BASF pode auxiliar no manejo eficiente da lavoura de amendoim

      A cercosporiose, também conhecida como mancha-castanha pode causar severos prejuízos em decorrência da desfolha precoce das plantas. Se essa desfolha ocorrer antes dos 90 dias de idade do cultivo o impacto na produção pode ser de mais de 50%. Os primeiros sintomas verificados no cultivo do amendoim são lesões castanhas nas folhas mais velhas progredindo para as mais novas. Para um controle eficiente da cercosporiose é necessário fazer a rotação de culturas, destruir as plantas voluntárias, usar cultivares resistentes e aplicar fungicidas de alta performance.

      Além de doenças, os insetos e ácaros têm preocupado os produtores de amendoim. É o caso da lagarta-do-pescoço-vermelho que perfura os brotos e afeta o desenvolvimento da planta. O manejo integrado de pragas, conhecido como MIP, é recomendado para o controle racional da lagarta, assim como o uso de inseticidas inovadores que garantam a proteção do cultivo de amendoim. Conheça também o tratamento de sementes da BASF.

    Tratamento de Sementes

    Standak® Top

      Confira as soluções BASF para a cultura do amendoim

      Uso exclusivamente agrícola. Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos. Incluir outros métodos de controle do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Restrições temporárias no estado do Paraná na cultura do amendoim: Plateau® para os alvos Emilia sonchifolia e Indigofera hirsuta. Registros MAPA: Standak® Top nº 01209, Orkestra® SC nº 08813, Opera® nº 08601, Nomolt® 150 nº 01393, Herbadox® 400 EC nº 015907, Plateau® nº 02298, Amplo® nº 0508 e Assist® nº 01938789.

    TOP
    PROD-AEM