Usamos cookies de navegação neste site para garantir uma experiência mais personalizada e responsiva a você. Ao fazer uso, você também concorda com nossa Política de Privacidade de Dados. Saiba mais como cookies são utilizados ou como bloqueá-los ou deletá-los.

Brasil
Agricultura

Regent® Duo | Inseticida para cana-de-açúcar

Proteja o seu canavial da incidência de pragas. Com Regent® Duo você tem um eficiente controle de Sphenophorus levis, contribuindo para uma maior produtividade e longevidade do cultivo.

O Sphenophorus levis, também conhecido como bicudo-da-cana, é uma das pragas mais severas da cultura de cana-de-açúcar, podendo causar perdas de até 30 toneladas por hectare ao ano.

Veja aqui métodos de controle do Sphenophorus levis

Para que o produtor rural não tenha prejuízo, é recomendado fazer um controle eficiente com a utilização de inseticidas tanto no plantio como também na cana soca, denominada a cana de segundo corte. A BASF, atenta aos desafios do cultivo de cana, oferece o Regent® Duo, inseticida que reduz a infestação de pragas, principalmente Sphenophorus levis.

O produto tem um duplo modo de ação, com efeito de choque e alto residual. Além de ser eficiente em todas as fases de desenvolvimento das pragas do canavial, o Regent® Duo contribui para a proteção do rizoma, resultando em maior produtividade nos ciclos seguintes da lavoura de cana-de-açúcar, controlando ainda Cupins, Migdolus e Sphenophorus. O produto também é registrado para o cultivo da batata, controlando a larva alfinete.

Regent® Duo

Benefícios

  • Duplo modo de ação: choque e residual.
  • Atua em todas as fases de desenvolvimento das pragas.
  • Redução da infestação de pragas.
  • Solução contra o Sphenophorus levis.
  • Maior produtividade nos ciclos seguintes.

Veja como melhorar a produtividade do seu cultivo com o Regent® Duo:

Para mais informações sobre a bula, clique aqui.

cana.jpg

Para controlar a incidência de Sphenophorus levis em canaviais novos faça a aplicação preventivamente na dose recomendada em sulco de plantio. Na soqueira realizar a aplicação procurando que o inseticida alcance a região de maior ocorrência de raízes da planta.

Tabela de dosagem

Pragas controladas
Nome comum / nome Científico
Cupins (Procornitermes triacifer, Heterotermes tenuis, Neocapritermes opacus)

Dose em mL p.c./ha
1,0

Número, época e intervalos de aplicação e finalidade
Plantio: Aplicar preventivamente em jato dirigido a dose recomendada em sulco de plantio, no momento do plantio;
Soqueira: Realizar a aplicação com equipamentos adaptados para esse fim, abrindo um sulco lateral de cada lado da soqueira, aplicando o produto abaixo do nível do solo na região de maior ocorrência de raízes da cultura; Utilizar um volume de calda de 200 L/ha. 

Pragas controladas
Nome comum / nome Científico
Gorgulho (Sphenophorus levis)

Dose em mL p.c./ha
1,0 a 2,5

Número, época e intervalos de aplicação e finalidade
Plantio: Aplicar preventivamente em jato dirigido a dose recomendada em sulco de plantio, no momento do plantio;
Soqueira: Realizar a aplicação com equipamentos adaptados e específicos para esse fim, colocando o produto sobre a linha de plantio, incorporado abaixo do nível do solo na região de maior ocorrência de raízes da cultura.
As doses menores somente devem ser usadas em áreas com histórico de baixa infestação da(s) praga(s) indicada(s); Utilizar um volume de calda de 200 L/ha.

Pragas controladas
Nome comum / nome Científico
Migdolus (Migdolus fryanus)

Dose em mL p.c./ha
2,0 a 3,0

Número, época e intervalos de aplicação e finalidade
Plantio: Aplicar preventivamente em jato dirigido a dose recomendada em sulco de plantio, no momento do plantio;
Soqueira: Realizar a aplicação com equipamentos adaptados e específicos para esse fim, colocando o produto sobre a linha de plantio, incorporado abaixo do nível do solo na região de maior ocorrência de raízes da cultura.
As doses menores somente devem ser usadas em áreas com histórico de baixa infestação da(s) praga(s) indicada(s); Utilizar um volume de calda de 200 L/ha.

Obs.: 1 litro de Regent® Duo equivale a 180 g de ingrediente ativo Fipronil + 120 g de ingrediente ativo AlfaCipermetrina.
Diluir as doses recomendadas por hectare, na quantidade de água necessária para uma aplicação uniforme, considerando o equipamento disponível na propriedade.

BR-cultura-da-batata.jpg

Para o controle eficiente da larva alfinete no cultivo da batata utilize o inseticida no sulco de plantio antes da cobertura dos tubérculos semente. Recomenda-se, também, fazer uma complementação de Regent® Duo no momento da “amontoa”, de 15 a 25 dias após a semeadura, cobrindo imediatamente com terra.

Tabela de dosagem

Alvo biológico
Nome comum / Nome científico

Larva alfinete (Diabrotica speciosa)

Dose* L p.c./ha
0,6 a 0,8 (plantio)

0,8 a 1,0 (amontoa)

Número, época e intervalos de aplicação e finalidade
Plantio
: Realizar a aplicação em jato dirigido no sulco de plantio da cultura antes da cobertura dos tubérculos semente, com equipamento adaptado e bico de jato plano (leque) a uma vazão de 200 litros de calda por hectare.
Amontoa: Fazer uma complementação no momento da “amontoa” (15 a 25 dias após a semeadura), dirigido para a base das plantas, local onde haverá a formação dos tubérculos cobrindo o produto imediatamente com terra após a aplicação formando assim uma barreira química impedindo o acesso da praga até os tubérculos.
As doses menores somente devem ser usadas em períodos de baixa infestação da praga e ou em áreas com histórico de baixa infestação da praga indicada.

Obs.: 1 litro de Regent® Duo equivale a 180 g de ingrediente ativo Fipronil + 120 g de ingrediente ativo AlfaCipermetrina.
Diluir as doses recomendadas por hectare, na quantidade de água necessária para uma aplicação uniforme, considerando o equipamento disponível na propriedade.

Composição

Ingredientes Ativos
Fipronil + Alfacipermetrina

Grupos Químicos
Pirazol + Piretróide

Concentração
180 + 120 g.i.a/Litro

Formulação
SC (Suspensão Concentrada)

Embalagem

4 x 5 L

SELO CROPLIFE

Uso exclusivamente agrícola Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos. Incluir outros métodos de controle dentro do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Registro MAPA: Regent® Duo nº 12411.

Conheça nossas soluções