Brasil
Agricultura

Diante da resistência ao glifosato, Finale® ganha destaque no combate do capim-amargoso

O Capim-amargoso (Digitaria insularis) está entre as plantas daninhas de folha estreita mais prejudiciais ao cultivo da soja. Quando não controlado, é capaz de reduzir a produtividade de uma lavoura em até 44%, conforme dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

 

O grande temor a essa planta daninha se dá porque, ao longo das safras, o capim acabou criando resistência a um dos principais ingredientes ativos no controle de plantas daninhas - o  glifosato.  

Sua resistência ao herbicida ocorreu devido às inúmeras aplicações repetidas sobre ele. Diante disso, há espécies de capim-amargoso resistentes ao herbicida em praticamente todos os estados brasileiros. Ou seja, produtores de todo o Brasil vêm se reinventando nas formas de controle da planta.

 Graminicidas ganham destaque

Com isso, os graminicidas seletivos ganharam expressividade no mercado de herbicidas, sendo aliados fundamentais para atuar no manejo de resistência das ervas que não são controladas pela molécula do glifosato. 

 

Destacam-se aqui, principalmente, os produtos com ação de inibição do capim-amargoso, o glufosinato de amônio - um herbicida de contato, não-seletivo, que possui um amplo espectro de controle sobre as plantas daninhas - e os herbicidas pré-emergentes. 

 

Entre eles, há o herbicida Finale®, indicado para o manejo de plantas daninhas de difícil controle em geral. O produto contém glufosinato de amônio e uma de suas grandes vantagens é que ele pode ser misturado com glifosato. Isto significa que o mecanismo de ação do Finale® é diferenciado.

 

Além disso, a dessecação e controle completo das plantas daninhas se dá em apenas 1 ou 2 semanas. Sua aplicação pode ocorrer em associação ou de forma isolada, devendo-se sempre levar em consideração o estágio de desenvolvimento da planta daninha a ser controlada.  

 

Após o contato com a planta daninha, os efeitos do Finale®  podem ser visualizados em até 5 dias. O pico máximo dependendo das condições climáticas acontece entre dez e quinze dias após a aplicação. 

 

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É PERIGOSO À SAÚDE HUMANA, ANIMAL E AO MEIO AMBIENTE. USO AGRÍCOLA. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO. CONSULTE SEMPRE UM AGRÔNOMO. INFORME-SE E REALIZE O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS. DESCARTE CORRETAMENTE AS EMBALAGENS E OS RESTOS DOS PRODUTOS. LEIA ATENTAMENTE E INSTRUÇÕES CONTIDAS NO RÓTULO, NA BULA E NA RECEITA. UTILIZE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.  Finale® esta registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob os número 691.

 

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo: