7 de outubro de 2021
Brasil
Agricultura

BASF apoia projeto Acordes da Compaixão para educadores de escolas públicas

  • Projeto prevê o treinamento gratuito sobre competências socioemocionais de educadores para aplicação com os alunos nas salas de aula 
  • Objetivo é formar 900 educadores em todo o Brasil até dezembro

 

A ONG Gaia+ e a Agropodas, em conjunto com as prefeituras de Juazeiro (BA) e de Petrolina (PE) e o patrocínio da BASF, estão implementando o Projeto “Acordes da Compaixão”. O objetivo é levar aos educadores de escolas públicas das regiões o conhecimento desenvolvido dentro das universidades que promove habilidades relacionadas à inteligência emocional e compaixão para crianças em sala de aula.

 

Além das cidades de Juazeiro e Petrolina, o projeto também é replicado em escolas públicas de todo o Brasil através da ONG Gaia+. A previsão é capacitar 900 professores até o final de 2021 em todo país. A dinâmica do curso “Aprendizagem para corações e mentes (SEE Learning)” contará com curso virtual em uma plataforma interativa multimídia (vídeo, áudio, e-books) com o apoio da Emory University.

 

Online e gratuito, o curso é divido por uma turma mensal e conta com abordagens práticas e teóricas, além de atividades diárias. Nesses encontros, os professores aprenderão práticas de autocuidado; atenção e autorregulação; consciência interpessoal; habilidade de relacionamento: interdependência.

 

Os grupos de educadores, ao final, receberão certificados de participação e um plano de execução para aplicação em sala de aula. interessados devem se inscrever pelo site: https://gaiamais.social/BASF

 

“Nós, da BASF, ficamos honrados em fazer parte desse projeto de extrema importância, ainda mais com o apoio de parceiros que compartilham dos mesmos valores. Acreditamos que essa ação trará bons resultados no ensino das futuras gerações e deixará um legado para toda a comunidade”, ressalta o Gerente Sênior da Divisão de Soluções para Agricultura da BASF, Eduardo Eugenio Vieira Santos.

 

Para Eduardo Pacífico, fundador e diretor da Gaia, "Promover uma educação para corações e mentes, que desperte a consciência e amplie a compaixão, é um grande desafio e necessita o envolvimento de muitas pessoas. A recepção e engajamento dos professores de todo o Brasil têm sido formidáveis e estamos comprometidos com essa mudança na educação."


"É de uma satisfação muito grande para nós da Agropodas poder contribuir, juntamente com a Gaia e BASF, especialmente em um cenário de pandemia mundial, até então nunca vista pelas gerações atuais. Em particular, o projeto Acordes da Compaixão, trabalha no desenvolvimento de competências que são essenciais neste momento desafiador e certamente serão de grande valor para os professores da região, que são os eternos vigilantes da construção dos futuros condutores da sociedade brasileira.”, relata Carlos Furusato, diretor da Agropodas.

O secretário de Educação, Cultura e Esportes de Petrolina, Plínio Amorim, destaca que “Acolhemos esse projeto com afeto, por ser pertinente e oportuno na preparação de nossos professores e alunos, que poderão se fortalecer na busca do desenvolvimento socioemocional, imprescindível para enfrentar os desafios encontrados ao longo de suas vidas e, sobretudo, no atual momento, onde o afastamento entre as pessoas fragilizou sobremaneira as relações humanas. A BASF e seus parceiros expressam muita responsabilidade social.”

 

Outro parceiro do projeto é a Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) de Juazeiro. “Abraçar parcerias que visam o bem-estar emocional dos educadores e, consequentemente, dos estudantes, é fundamental para o bom desempenho da Rede Municipal de Ensino de Juazeiro. O município se preocupa com os professores, e essa parceria é mais uma ação que veio somar a esse cuidado que temos com a nossa Rede”, destacou a secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida.

 

Oficinas musicais para alunos em Piracicaba (SP)

Com sede em Piracicaba (SP), a ONG Gaia+ retomou, de forma gradual, o projeto “Acordes da Compaixão” no mês de agosto. Com incentivo da BASF desde fevereiro e respeitando todas as recomendações dos órgãos de saúde, as crianças participam de oficinas semanais para desenvolver habilidades musicais. Durante os encontros, os alunos também ampliam a compaixão e consciência social, valores fundamentais para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva.   

 

O projeto Acordes da Compaixão é patrocinado pela BASF por meio de lei federal de incentivo à cultura, conforme a estratégia de engajamento social da empresa, que prevê ampliar seu impacto positivo conectando pessoas, organizações sociais, poder público e empresas à busca da superação dos desafios sociais, sem perder de vista oportunidades de negócios. A companhia patrocinou 17 projetos por meio de leis de incentivo fiscal durante o ano de 2020, que somaram investimentos de aproximadamente R$ 5,3 milhões.

 

Com foco em empregabilidade, educação científica, e educação ambiental e proteção de recursos naturais e da biodiversidade, a estratégia está baseada em dois pilares: valor compartilhado, para contribuir com o desenvolvimento socioambiental e, ao mesmo tempo, realizar negócios rentáveis; e cidadania corporativa, a fim de participar do desenvolvimento social das comunidades em que a BASF está presente. Com a implementação desta estratégia, a empresa já impactou 810 mil pessoas entre 2016 e 2020.

Sobre a BASF

A BASF, empresa alemã e líder mundial na área Química, comemora em 2021, 110 anos de presença no Brasil. Ao longo desse período, a empresa tem investido em produtos e soluções para os diferentes segmentos da indústria brasileira, ressaltando a sustentabilidade e a inovação como temas transversais e considerados chave para o sucesso da companhia. Do total de mais de 110 mil colaboradores da BASF no mundo, 5.850 deles na América do Sul, sendo 5.850 colaboradores América do Sul e 4.215 no Brasil - todos atuam com o propósito de criar química para um futuro sustentável, em um ambiente inclusivo, aberto e criativo, que preza por uma cultura de respeito e diversidade.

Com oito unidades fabris no Brasil, a BASF tem como compromisso uma atuação responsável em parceria com clientes e com as comunidades onde está inserida. O portfólio da empresa está organizado em seis segmentos: Químicos, Materiais, Soluções Industriais, Tecnologias de Superfície, Nutrição & Cuidados e Soluções Agrícolas. A BASF gerou vendas de € 59 bilhões em 2020 e investiu cerca de € 2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e soluções. 

Last Update 7 de outubro de 2021