Brasil
Agricultura

A importância de iniciativas de conservação da água e do solo

Saber como monitorar o seu campo e lidar com a conservação da água e do solo são atividades fundamentais na rotina dos agricultores e elas podem ser potencializadas com o uso de recursos  que oferecem para isso.

Afinal, os avanços da tecnologia e da ciência se tornaram cada vez mais parte do setor do agronegócio, não há mais espaço para interpretações sobre os benefícios de ambas as áreas no dia a dia de quem vive do campo.

E é sobre isso que vamos falar ao longo deste post! Nos tópicos a seguir, vamos discutir sobre os impactos da sustentabilidade no setor agrícola e quais são os benefícios de quem investe nessa ideia. Boa leitura!

Sustentabilidade e agronegócio: uma parceria frutífera

É inegável o peso do agronegócio no crescimento do país e da América Latina em geral — afinal, a atividade desses países corresponde a 16% de todas as exportações mundiais.

E uma das maneiras de manter esse crescimento (mesmo em períodos adversos, como crises econômicas) é por meio da conservação da água e do solo. Pois, somente dessa forma, garantimos a preservação da qualidade natural de todo o campo e, ainda, fortalecemos o cultivo para um novo ciclo produtivo da terra.

Para que isso seja alcançado, é necessário estarmos atentos às estratégias e planejamentos específicos que consideram as características de cada espécie e também de cada setor da região onde elas se encontram. Pois sabemos da importância de mantermos vivo o ciclo da natureza ao nosso redor.

Quando voltamos o olhar para o campo, existem algumas práticas que podem gerar danos não só para a natureza, mas também para o produtor, justamente por sermos parte de uma rede que influencia e sofre influência, respectivamente. Algumas condutas que podemos observar, são:

●        irrigação em excesso, o que pode causar um processo erosivo natural e, assim, aumentar o risco de perder seus nutrientes (fenômeno conhecido como lixiviação);

●        consequentemente, água em excesso, pode gerar problemas que se traduzem no aumento da possibilidade de salinização e, com isso, redução da oxigenação das plantas;

●        irrigação insuficiente, que, tende a criar um estresse hídrico e, potencialmente, causar a perda de parte da produção.

Daí a importância em estarmos atentos às iniciativas que promovem a conservação do meio ambiente e que trazem o tema da conservação da água e do solo. E o que o setor agrícola deve esperar ao investir em ideias que propõem a agricultura sustentável como uma medida benéfica para todos?

Um dos pontos mais relevantes dessa união é a produtividade. Sem a escassez de recursos naturais, é possível mantermos os níveis de produção agrícola sem quedas bruscas por falta de água, por exemplo.

Alguns do exemplos de sucesso que têm sido aplicados no Brasil e no mundo são a Produção Agroflorestal e a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, último este muito difundido em território nacional por conta, não só da preservação de recursos naturais, mas também como alternativa sustentável e muito eficiente em termos de rentabilidade

Agricultura de olho no futuro

Ao analisarmos como o mercado tem reagido frente às inovações voltadas à conservação da água e do solo, podemos notar uma infinidade de ideias e trabalhos que têm apresentado resultados positivos para ambas as frentes.

Um bom exemplo é o projeto Melancia Pingo Doce, onde a produção sustentável está aliada à alta qualidade e à responsabilidade social. Através do uso de sementes de frutas e hortaliças desenvolvidas pela BASF, os produtores se comprometem a trabalhar de acordo com os pilares do projeto, que incluem qualidade, saudabilidade e segurança alimentar.
 

Os ganhos de quem apoia essa ideia são a parceria com agricultores voltados ao mesmo objetivo, ganho de mercado com um produto natural, livre de transgênicos, seguro e que cativa o consumidor. Além de, claro, envolver um processo de produção que viabiliza a sustentabilidade ao mesmo tempo em que traz lucros a quem investe.

Assim como a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e o projeto Pingo Doce, existem diversas iniciativas e meios que promovem e facilitam a adesão dos produtores rurais a um meio de produção que integra a lavoura à natureza.
 

Um reflexo de como o cuidar do meio-ambiente traz benefícios diretos a quem vive do campo, são as novas tecnologias voltadas ao manejo de plantações, com mapeamentos, análise de dados, maquinário inteligente e muito mais.

Apostar no futuro da agricultura como parte de um sistema que preza pela conservação da água e do solo é o movimento que mais condiz com o produtor rural. Pois é nada melhor do que garantir o nosso sustento e o das próximas gerações com segurança e união.
 

Continue navegando pela nossa plataforma para se inteirar ainda mais sobre  as iniciativas que garantem os melhores resultados para os agricultores ao mesmo tempo em que conservamos o nosso meio-ambiente, pois estamos sempre buscando o melhor para o nosso planeta. 

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo: