Usamos cookies de navegação neste site para garantir uma experiência mais personalizada e responsiva a você. Ao fazer uso, você também concorda com nossa Política de Privacidade de Dados. Saiba mais como cookies são utilizados ou como bloqueá-los ou deletá-los.

Brasil
Agricultura

Controle biológico em HF – uma prática que tem aumentado. Entenda o porquê.

Saiba mais sobre o controle biológico em hortifrútis.

Thais Pongeluppi - ESALQ/USP

controle-biologico-em-hortifruti.jpg

O controle biológico é uma estratégia muito antiga que já é citada desde antes do uso dos produtos químicos. No entanto, até hoje ainda está incipiente quando se compara ao uso do controle químico.

O controle biológico por definição é o uso de inimigos naturais no controle de pragas, que podem ser patógenos (fungos, bactérias, nematoides), insetos ou plantas daninhas, entre outros. Você sabe como são encontrados os controladores biológicos? Exatamente no mesmo ambiente que a praga, pois assim como nome diz, ocorrem naturalmente na natureza. O que fazemos para usá-los a nosso favor, quando há uma área com alta infestação de praga, é aumentar seu número em laboratórios (escala comercial) e devolvê-lo ao ambiente. Portanto, neste caso, estamos trabalhando com o menor desequilíbrio ambiental possível e condições naturais, o que faz com os riscos ambientais sejam reduzidos, haja produção sem resíduos de produtos químicos e gere uma economia a longo prazo, apresentando um melhor custo. Além disso, o produto biológico proporciona uma aplicação mais segura para o trabalhador e menores resíduos no ambiente.

Pelas grandes vantagens citadas, o controle biológico vem atraindo cada vez mais os produtores, está em franca expansão mundialmente, e o Brasil está incluído neste contexto.

Para os produtos hortifrúti, além das grandes vantagens acima citadas, que influenciam em muito a utilização de produtos mais seguros à saúde, um outro aspecto a ser salientado é que o número de produtos químicos registrados para pequenas culturas é muito pequeno. Caso tenha curiosidade, entre no site do Agrofito (MAPA) e procure por algumas pequenas culturas e verá. Por muitos deles serem cultivados em pequenas áreas (chamados minor crops), acabam não justificando altos investimentos das empresas para o registro de produtos químicos. E este fato é mais um dos motivos pelo qual a procura por produtos alternativos tem crescido para hortifrúti. Os biológicos são registrados para grande parte dos hortifrutis e para diversas pragas.

Outro ponto importante a ser citado são as produções orgânicas, que também têm crescido substancialmente dentro do nicho hortifrúti. Neste contexto, os controles biológicos são fundamentais, já que são um dos poucos meios aceitos de controle de pragas.

Para o controle especificamente de doenças, dentre os biológicos registrados estão Aspergillus flavus, Bacillus pumilus, Bacillus subtilis, Trichoderma asperelllum, Trichoderma harzianum, Trichoderma stromaticum e Paecilomyces lilacinus. Dentre os patógenos controlados com estes inimigos naturais estão, Aspergillus flavus produtores de aflatoxinas, Fusarium solani, Rhizoctonia solani (Figura 1), Sclarotinia sclerotiorum e Moniliophthora perniciosa.

controle-biologic-rhizoctonia-solani.jpg

Figura 1. Trichoderma - ação parasítica sobre o fitopatógeno Rhizoctonia (EMBRAPA, 2018).

E, caso o controle biológico não seja capaz de solucionar o problema fitopatogênico de uma determinada área, este pode ser usado como mais uma estratégia dentro de um manejo integrado de doenças.

Portanto, para concluir podemos salientar que:

·        O uso de produtos biológicos está crescendo mundialmente e no Brasil, mas seu uso ainda é pequeno quando comparado ao controle químico;

·        O controle biológico utiliza inimigos biológicos que são organismos naturais, os quais quando aplicados não geram riscos ao homem, às plantas e ao meio ambiente;

·        A partir de aplicações com biológicos não há resíduo químico deixado no alimento;

·        Em hortifruti os produtos biológicos têm sido cada vez mais utilizados, principalmente por serem mais seguros e por se tornarem uma das poucas alternativas registradas de controle;

·        O controle biológico pode ser utilizado também como uma das estratégias do manejo integrado de doenças.

Quer receber outros conteúdos, estudos exclusivos, ebooks e convites para eventos?

Cadastre-se agora!

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo:

BR-cultura-da-batata.jpg

Batata

Sabemos que para assegurar a produtividade do cultivo de batata é preciso realizar um manejo eficiente. Por isso, não deixe de usar soluções inovadoras na lavoura.

Leia mais
BR-Imunit.png

Imunit® Inseticida

Não permita que as pragas prejudiquem a produtividade do seu cultivo. Com o inseticida Imunit® você tem um controle eficiente da lagarta-do-cartucho nas lavouras de milho e outras importantes culturas.

Leia mais
BR-header-lista-de-distribuidores-basf.jpg

Lista de Distribuidores

Confira os distribuidores da sua região.

Leia mais