Brasil
Agricultura

Qual é a temperatura ideal para o cultivo de videiras tropicais?

A temperatura pode ser um fator limitante à produção agrícola, mas, de modo geral, não é o que acontece com a produção de uvas brasileiras. Leia mais.

Juliana Rodrigues - ESALQ | USP 

A videira é amplamente cultivada no Brasil. As uvas destinadas a produção de vinhos e sucos são cultivadas, predominante, nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina; e as uvas de mesa são cultivadas, especialmente, nos estados de Pernambuco, São Paulo e Bahia. Em regiões tropicais, a videira pode produzir continuamente, devido as condições térmicas desses locais.

Nos últimos anos, o cultivo da uva na região Nordeste brasileira tem se destacado, pois a propagação, os processos fisiológicos e o ciclo são mais rápidos, o que proporciona à primeira safra um ano e meio após o plantio das mudas.

O uso de reguladores vegetais permite que a brotação da videira, no cultivo da uva, ocorra em qualquer época do ano. A floração ocorre, em média, 30 dias após a brotação (Figura 1). A duração do ciclo da videira, desde a brotação até a colheita, varia de 90 a 150 dias, conforme a cultivar e região; em locais mais quentes, os ciclos tendem a ser menores.

Figura 1. Floração da videira. Fonte: Chavarria et al. (2008)

Caso a fase da floração ocorra em períodos chuvosos e com temperaturas inferiores a 15 °C, haverá dificuldade de floração e pegamento do fruto, isso resulta em cachos ralos, com bagas desuniformes, assim prejudicando a produção dos cultivos de videiras.

Além disso, temperaturas relativamente baixas podem afetar a polinização devido ao retardamento ou inibição da germinação do pólen, pois prejudica o crescimento do tubo polínico, inviabilizando a fecundação.

Enquanto que a ação combinada de temperaturas elevadas com baixa umidade do ar podem produzir estresse hídrico, isso pode promover a queda de flores pela formação de uma camada de abscisão no pedúnculo. As temperaturas ideais para a polinização de videiras está entre 20 e 26 °C.

No entanto, as temperaturas ideais para o cultivo da videira variam conforme o estágio fenológico da cultura. O período vegetativo é iniciado com temperaturas superiores a 10 °C; o desenvolvimento ocorre entre 25 e 30 °C; e a maturação em temperaturas próximas a 27 °C. Acima de 36°C pode ocorrer a queima das bagas. Temperaturas acima de 45 °C são limitantes ao desenvolvimento das videiras.

Durante a maturação, se não ocorrerem chuvas excessivas e as temperaturas estiverem dentro dos limites críticos, quanto maior a temperatura, maior será a concentração de açúcares e menor a concentração de ácidos, portanto, os frutos terão sabor mais agradável. A coloração de uvas de mesa depende, especialmente, da amplitude térmica diária. Geralmente, quanto maior a amplitude, melhor será a coloração da casca.

Fonte Texto:

CONCEIÇÃO & MANDELLI (2009). Uva em clima tropical. In: MONTEIRO, J.E.B.A. Agrometeorologia dos cultivos: O fator meteorológico na produção agrícola.

VIANA et al. (2018). Botânica. In: MOTOIKE & BORÉM. Uva: Do plantio à colheita.

IBGE (2018). Censo Agro 2017.

Fonte Imagem:

Revista Globo Rural

CHAVARRIA et al. (2008). Fenologia e requerimento térmico de videira sob cobertura plástica.

Quer receber outros conteúdos, estudos exclusivos, ebooks e convites para eventos?

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo:

Uva

Não comprometa a produtividade e qualidade do cultivo de uva. Deixe as pragas e doenças longe da sua lavoura utilizando soluções inovadoras e sustentáveis.

Duravel® Fungicida

Proteja seu plantio com Duravel®, o novo biofungicida para o controle das doenças que mantem a sua lavoura ainda mais produtiva.

Lista de Distribuidores

Confira os distribuidores da sua região.