Usamos cookies de navegação neste site para garantir uma experiência mais personalizada e responsiva a você. Ao fazer uso, você também concorda com nossa Política de Privacidade de Dados. Saiba mais como cookies são utilizados ou como bloqueá-los ou deletá-los.

Brasil
Agricultura

Conhecendo o clima das regiões produtoras de uva no Brasil, Chile e Peru

Leia abaixo para saber a diferença das condições climáticas é marcante nesses países da América do Sul. 

Henrique Dias - ESALQ-USP

condicoes-climaticas-na-producao-de-uva.jpg

Para compreender um pouco mais das condições climáticas nas regiões produtoras da cultura da uva no Brasil, Chile e Peru, veja alguns números da cultura na Tabela 1. A produção brasileira de uva é de quase 1 milhão de toneladas, enquanto que o Chile apresenta uma produção de quase 2,5 milhões de toneladas, sendo o principal produtor da América do Sul. No entanto, o Peru se destaca em termos de produtividade com 24,7 t/ha (segunda maior no mundo), quase o dobro da produtividade do Brasil e Chile.

produtividade-da-cultura-da-uva-no-brasil-chile-e-peru.jpg
Tabela 1. Produção, área e produtividade da uva no Brasil, Chile e Peru. Fonte de dados: FAO (dados mais recentes de 2016).

A Tabela 2 apresenta as condições climáticas médias das regiões produtoras de uva do Brasil, Chile e Peru. O clima nas regiões produtoras no Brasil e Chile apresentam características bem contrastantes, ao passo que no Peru as uvas são produzidas apenas em uma região. As características contrastantes em termos de clima nas regiões produtoras no Brasil e Chile permitem que uma ampla gama de variedades de videira seja produzida para diferentes fins (mesa, suco e vinho), tanto para consumo interno quanto exportação.

cimatologia-em-regioes-produtoras-de-uva.jpg
Tabela 2. Climatologia em importantes regiões produtoras de uva do Brasil, Chile e Peru. Fonte de dados: Brasil: INMETCepagri e Embrapa. Chile e Peru: ClimateData.org.

No Brasil, a região Sul se destaca como maior produtora de uva no país, onde Bento Gonçalves, RS, apresenta uma temperatura anual média de 17,2 ºC e chuva acumulada média de 1736 mm/ano. Esse grande volume acumulado exige atenção com doenças, uma vez que estas prejudicam e muito a produtividade e qualidade das uvas. Em anos de El Niño, a probabilidade de chuvas aumenta, fazendo com que atenção maior ainda deva ser dada as doenças, ao passo que em anos de La Niña, a deficiência hídrica pode impactar na produtividade e qualidade das videiras na região Sul.

Em Jales, SP e Petrolina, PE, ambos em ambiente tropical, as condições climáticas requerem irrigação. Para saber mais sobre a influência do clima no semiárido nordestino, veja esse post aqui. Não há efeitos claros do fenômeno El Niño Oscilação Sul (ENOS) em Jundiaí e Jales, SP e Petrolina, PE, todavia, essas regiões apresentam leve aumento nas temperaturas do ar.

No Chile, principal produtor da América do Sul, há produção em diversos climas, desde desértico (Norte, irrigado), semiárido (Centro-Norte, irrigado) a subtropical (Vale Central e Sul). Parque, situado nos arredores de Santiago, é um destino famoso para turistas brasileiros. Em anos de La Niña, o inverno nas regiões produtoras do Chile é mais rigorosos, podendo comprometer a produtividade por conta de danos nas brotações após o repouso vegetativo.

No Peru, o destaque é a elevada produtividade, muito em função do uso da irrigação e pouco problemas com pragas e doenças devido ao ambiente desértico em que as videiras são cultivadas em Ica e Pisco, principais locais produtores de uva no país. Nos anos de El Niño, as temperaturas do verão se elevam nessa região, podendo as uvas sofrerem disturbios fisiológicos por estresse térmico.

Para saber mais sobre o clima dessas regiões, veja as Figuras 1, 2 e 3 que detalham a variação sazonal média das temperaturas máxima e mínima do ar e da chuva no Brasil, Chile e Peru, respectivamente.

variacao-sazonal-de-temperaturas-na-cultura-da-uva-no-brasil.jpg
Figura 1. Variação sazonal média das temperaturas máxima e mínima do ar e da chuva em importantes regiões produtoras de uva do Brasil.
variacao-sazonal-de-temperaturas-do-cultivo-de-uva-no-chile.jpg
Figura 2. Variação sazonal média das temperaturas máxima e mínima do ar e da chuva em importantes regiões produtoras de uva do Chile.
variacao-sazonal-de-temperaturas-da-plantacao-de-uva-no-peru.jpg
Figura 3. Variação sazonal média das temperaturas máxima e mínima do ar e da chuva em importantes regiões produtoras de uva do Peru.

Fonte Imagem:

Flickr

Quer receber outros conteúdos, estudos exclusivos, ebooks e convites para eventos?

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo:

BR-cultura-da-uva.png

Uva

Não comprometa a produtividade e qualidade do cultivo de uva. Deixe as pragas e doenças longe da sua lavoura utilizando soluções inovadoras e sustentáveis.
BR-Cabrio-Top.png

Cabrio® Top Fungicida

Controle preventivo sobre as principais doenças do cultivo da uva como o míldio, o oídio e a ferrugem. O produto fungicida Cabrio® Top apresenta efeitos fisiológicos que promovem maior produtividade e qualidade para o cultivo da uva, entre outras lavouras de hortifrúti.
BR-header-lista-de-distribuidores-basf.jpg

Lista de Distribuidores

Confira os distribuidores da sua região.