Usamos cookies de navegação neste site para garantir uma experiência mais personalizada e responsiva a você. Ao fazer uso, você também concorda com nossa Política de Privacidade de Dados. Saiba mais como cookies são utilizados ou como bloqueá-los ou deletá-los.

Brasil
Agricultura

Pré e pós colheita do café: Quais os cuidados necessários para garantir uma maior produção

Saiba aqui quais os principais cuidados que devem ser tomados em pré e pós colheita do café para garantir a sanidade da lavoura e uma produção de qualidade.

Felipe Schwerz - Engenheiro Agrônomo

Pré e pós colheita do café.jpg

A cafeicultura tem grande importância na agricultura nacional e mundial. O Brasil é um dos grandes responsáveis pela produção mundial, uma vez que a estimativa para 2018 são de 58 milhões de sacas, o que representa cerca de 36% da produção total. Tal fato se deve ao investimento em práticas de manejo eficientes resultando em uma elevada produção e qualidade dos frutos.

A qualidade e quantidade da produção está diretamente relacionada aos cuidados pré e pós colheita. As práticas de manejo empregadas durante o desenvolvimento da cultura do café (sanidade das plantas), no momento da colheita e durante o processo de pós colheita são fundamentais para o sucesso da cafeicultura.

As atividades que antecedem a colheita do café são de grande importância no decorrer da safra. Algumas práticas de manejo são fundamentais na pré colheita do café:

1. Arruação da lavoura;

2. Controle de plantas daninhas;

3. Controle de pragas;

4. Aplicação de fungicidas ou produtos que atuem como preventivos;

5. Procurar aumentar as barreiras de resistência da planta;

6. Adubação balanceada, principalmente, de potássio e cálcio;

7. Manutenção, limpeza e regulagem das máquinas e equipamentos;

8. Início da colheita no momento adequado.

Os cuidados na colheita e pós-colheita do café interferem na manutenção da qualidade dos frutos, ou seja, é nessas duas etapas que o produtor precisa se atentar às recomendações técnicas para evitar a depreciação do seu produto.

A colheita do café, sendo realizada de forma manual ou mecanizada, acarreta diversas injúrias às plantas do cafeeiro. Isso ocorre por conta da retirada do fruto ocorrem micro-ferimentos ocasionados pela ação das mãos dos apanhadores ou das hastes das máquinas. Estes ferimentos ocorrerem tanto nas folhas quanto nos ramos, desde as laterais até o tronco principal.


Figura 1. Colheita mecanizada do café.

Fonte: Davi Bernardes Moscardini

Tais injúrias servem como porta de entrada para diversos microrganismos que podem ser prejudiciais ao cafeeiro. Dessa forma, os ferimentos ou aberturas provocadas podem contribuir para o desenvolvimento de vários fungos e bactérias patogênicos, tais como podridão da phoma, antracnose e bacterioses.

Além deste dano direto à sanidade das plantas, os microrganismos podem ainda se aproveitar de restos de cultura, como folhas e frutos de café, que persistiram no solo, contribuindo também para o desenvolvimento de pragas, como por exemplo, a Hypothenemus hampei (broca-do-café). A importância dessa praga já foi destacada em posts anteriores.

Para prevenir e solucionar os problemas fitossanitários, os cafeicultores podem lançar mão da aplicação de defensivos agrícolas à base de cobre, ditiocarbamatos, dicarboximidas, estrobilurinas, entre outros. Com relação à aplicação de cobre, ele apresenta efeito cicatrizante e pode promover uma maior retenção foliar, uma vez que está relacionado com a recuperação da planta através da redução da possibilidade de ocorrência de fungos e bactérias.

Além disso, para garantir uma boa qualidade do fruto em pós colheita, torna-se necessário seguir algumas recomendações tais como: realizar a colheita na época adequada; secagem do fruto o quanto antes para evitar fermentação; processamento e armazenamento de forma a preservar as características químicas e físicas dos grãos.


Figura 2. Estágio cereja, momento ideal para realização da colheita.

Fonte: João Leonardo Corte Baptistella

Portanto, as práticas de manejo tanto em pré como em pós-colheita tem papel fundamental na obtenção de cafés de qualidade, principalmente quando relacionadas com a sanidade da planta e dos frutos, visando a menor incidência de fungos e bactérias e consequentemente uma maior produtividade.

Agora você já sabe a importância da utilização das práticas de manejo tanto em pré como em pós colheita do cafe afim de evitar possíveis perdas de rendimento e qualidade. Compartilhe esse conteúdo com seus colegas também!

Quer receber outros conteúdos, estudos exclusivos, ebooks e convites para eventos?

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo:

BR-banner-pequeno-APP-BASF-agro.jpg

BASF Agro App

Com o BASF Agro app, você encontra de forma rápida e prática as melhores soluções para o combate eficiente de pragas, doenças, plantas daninhas e muito mais!
BR-Agroclima-PRO.jpg

Agroclima PRO BASF

Informações de tempo e clima personalizadas de acordo com a sua região! Sua lavoura com mais qualidade e produtividade com o agroclima PRO BASF.
BR-header-lista-de-distribuidores-basf.jpg

Lista de Distribuidores

Confira os distribuidores da sua região.