Brasil
Agricultura

Um pouco mais sobre o cultivo do amendoim

O sucesso do cultivo do amendoim está ligado com diversas variáveis como o uso correto dos recursos naturais, tecnologias disponíveis e o manejo correto da cultura.

Thaise Dieminger - Esalq/USP

O fruto do amendoim é rico em óleo, proteínas e vitaminas, sendo uma importante fonte de energia e aminoácidos para alimentação humana. Leguminosa genuinamente sul-americana, ela produz um dos grãos mais consumidos do mundo atual.

Um plantio correto na cultura do amendoim consiste em um ideal preparo do solo, para que não haja impedimento para as raízes crescerem e também para os ginóforos ou “esporões” penetrarem no solo. A maioria dos solos do Brasil apresentam propriedades químicas inadequadas como: elevada acidez, altos teores de alumínio trocável e deficiência de nutrientes, especialmente de cálcio, magnésio e fósforo, porém a correção química possibilita os solos apresentarem grande potencial de cultivo.

A amostragem do solo para análise química e física é uma etapa fundamental para uma correta recomendação da necessidade de calagem e adubação. As profundidades recomendadas para a realização da amostragem são de 0 cm a 20 cm e de 20 cm a 40 cm.

A planta do amendoim é relativamente tolerante à acidez, porém requer a aplicação de calcário dolomítico, preferencialmente até dois meses antes da semeadura, a fim de elevar o índice de saturação por bases a 60%. Os benefícios da calagem, além da correção da acidez, estão também relacionados com fornecimento de cálcio e magnésio, nutrientes nos quais o amendoim é particularmente exigente.

A aplicação de nitrogênio é dispensada na cultura do amendoim, por se tratar de uma leguminosa, com capacidade de se associar a bactérias capazes de fixar nitrogênio, mediante o processo de fixação biológica de nitrogênio. Porém recomenda-se a inoculação da cultura com Bradyrhizobium sp., quando plantar em locais nunca cultivados anteriormente com amendoim ou adubo verde.

O amendoim, por apresentar o desenvolvimento de seus frutos no subterrâneo, necessita que o solo esteja bem preparado. Se caso na área for realizado o plantio direto, é necessário o uso de semeadoras específicas e adequadas para um plantio uniforme.

A qualidade das sementes é um fator essencial para o bom estabelecimento e produtividade da cultura. Antes da semeadura o tratamento das sementes de amendoim com fungicidas é imprescindível pela vulnerabilidade da cultura à fungos de solo na sua germinação e emergência.

As cultivares de amendoim podem ser divididas em dois grupos, de porte rasteiro e de porte ereto. Para as cultivares de porte ereto recomenda-se um espaçamento médio de 60 cm na entrelinha, com uma densidade média populacional de 250.000 plantas/hectare, podendo variar de cultivar para cultivar.

Para cultivares rasteiras o espaçamento entre linhas deve ser de 90 cm com cerca de 12 a 14 plantas/metros, ou uma densidade populacional de 130.000 a 150.000 plantas/hectare. É necessário sempre conferir as informações técnicas de cada cultivar.

Quer receber outros conteúdos, estudos exclusivos, ebooks e convites para eventos?

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo:

BR-header-amendoim.png

Amendoim

Doenças, pragas e plantas invasoras podem comprometer a produtividade do cultivo de amendoim. Evite perdas fazendo um manejo eficiente e sustentável.

Opera® Fungicida

Não deixe que as doenças foliares como ferrugem e Cercosporiose prejudiquem a sua produção. Com o fungicida Opera® você garante maior proteção para o café, além de outros cultivos, contribuindo para o aumento da qualidade e produtividade.

Lista de Distribuidores

Confira os distribuidores da sua região.