Usamos cookies de navegação neste site para garantir uma experiência mais personalizada e responsiva a você. Ao fazer uso, você também concorda com nossa Política de Privacidade de Dados. Saiba mais como cookies são utilizados ou como bloqueá-los ou deletá-los.

Brasil
Agricultura

Sarna comum da batata: Entenda como controla-la

Sarna comum é uma das principais doenças da batata, ataca os tubérculos, depreciando o produto final, seja reduzindo o preço ou descartando. Leia essa matéria e entenda como controlar essa doença.

Giovane Assoni - Engenheiro Agrônomo

Sarna comum da batata.jpg

A sarna comum é uma doença de difícil controle, pois pode ser causada por mais de 10 espécies de bactérias do gênero Streptomyces. Além disso, somente os tubérculos são afetados, dessa forma, a doença geralmente só é detectada no momento da colheita.

Apesar de não representar grandes perdas na produtividade da cultura, as lesões causadas por essa doença acabam por reduzir, em muito, a qualidade final do produto, diminuindo a rentabilidade do agricultor.

Os patógenos causadores dessa doença são extremamente adaptados ao solo e podem estar presentes antes do plantio ou transmitidos através de batata-semente contaminada. Em condições de solos mais secos e pH mais alcalinos (acima de 6,0) a doença é favorecida, causando maiores danos.

Como controlar a doença:

As principais medidas de controle da doença listadas no Manual de Fitopatologia tem como função a prevenção do aparecimento da sarna através de estratégias como:

  • Utilização de rotação de culturas com gramíneas;
  • Plantio de batata-semente certificada, com baixa porcentagem de tubérculos infectados;
  • Evitar plantio em solos propícios à doença, como por exemplo, solos infestados, alcalinos e/ou solos com matéria orgânica mal decomposta;
  • Controle da umidade do solo, mantendo umidade elevada nos períodos de formação do tubérculo e diminuindo as oscilações da umidade;
  • Utilização de variedades menos suscetíveis, tais como: Atlantic e Mondial;
  • Controle químico, tratamento da batata-semente no sulco de plantio, ou através pulverização do produto no colo da planta antes da operação de amontoa.

Fonte Texto: Embrapa Hortaliças

Sociedade Brasileira de Fitopatologia

SOUZA-DIAS, J.A.C; IAMAUTI, M.T & FISCHER, I.H. Doenças da Batateira. In: AMORIM, L. et al. (Ed.). Manual de Fitopatologia: Volume 2 – Doenças das Plantas Cultivadas. 5ª ed. Ouro Fino: Ceres, 2016. p. 125 - 147.

Fonte Imagem:Embrapa

Quer receber outros conteúdos, estudos exclusivos, ebooks e convites para eventos?

Cadastre-se agora!

Leia mais:

Conheça as soluções da BASF para este cultivo:

BR-cultura-da-soja.PNG

Soja

Plantas daninhas e doenças como a ferrugem asiática e a antracnose comprometem o cultivo da soja. Confira as soluções integradas da BASF!

Leia mais