Choose a location

    Opera® Ultra: fungicida para feijão e outras culturas
    Proteção de Cultivos e Sementes Opera® Ultra Fungicida

    Opera® Ultra: fungicida para feijão e outras culturas

      Controle as principais doenças do seu cultivo e garanta uma boa produtividade. Conheça o fungicida Opera® Ultra para o manejo eficiente das principais doenças do feijão e de outros cultivos.

      A antracnose é considerada uma das principais doenças da cultura do feijão. Por isso, um manejo completo e eficiente garante uma lavoura mais produtiva e, consequentemente, traz mais rentabilidade ao produtor rural.

      Pensando nas necessidades dos agricultores, a BASF oferece o fungicida Opera® Ultra que contribui para o controle das principais doenças da cultura do feijão. Opera® Ultra tem duplo modo de ação e é altamente seletivo.

      Além de ser efetivo no controle de doenças da lavoura de feijão, o fungicida também conta com os benefícios do Sistema AgCelence®. A tecnologia contribui para aumentar a qualidade das plantas, deixando-as mais produtivas. 

      Opera® Ultra também é indicado para o controle da ramulária no algodão e giberela no trigo.

    Informações Técnicas

    Faça o download da bula, ficha de segurança e ficha de informação de segurança do produto para mais informações.

    Opera® Ultra
    Benefícios
    Controle eficiente em giberela na cultura do trigo.
    Controle da antracnose na cultura do feijão.
    Controle da ramulária na cultura do algodão.
    Alta seletividade.
    Efeito AgCelence®: maior qualidade, produtividade e rentabilidade.

      Veja como melhorar a produtividade do seu cultivo com o fungicida Opera® Ultra:

      Para mais informações sobre a bula, clique aqui.

    Cultivo de algodão

      • cultivo do algodão

        Para o controle da ramulária e outras doenças do cultivo do algodão, começar o manejo preventivamente ou assim que aparecerem os primeiros sintomas da doença. Se necessário repetir a aplicação em intervalos de 12 a 15 dias.

        Tabela de dosagem

        Alvo biológico 
        Nome comum/científico
        Mancha-de-myrothecium (Myrothecium roridum), Ferrugem-do-algodoeir (Phakopsora gossypii), Ramulária (Ramularia areola)

        Dose*
        mL p.c./ha
        0,5

        Volume de calda (L/ha)
        100 a 200

        Nº máximo de aplicações
        3

        p.c. = Produto comercial (1 Litro de Opera® Ultra equivale a 130 g i.a. de Piraclostrobina e 80 g de Metconazol)
        i.a. = ingrediente ativo
        * Utilizar as maiores doses em áreas de alta incidência da doença e/ou para se conseguir um maior período de controle.

    Cultivo de feijão

      • cultivo do feijão

        Recomendamos que inicie as aplicações de forma preventiva ou assim que forem detectados os primeiros sintomas de doenças. Caso necessário, repetir o controle em intervalos de 15 a 18 dias. 

        Tabela de dosagem

        Alvo biológico
        Nome comum/científico
        Antracnose (Colletotrichum lindemuthianum), Mancha-angular (Phaeoisariopsis griseola), Ferrugem (Uromyces appendiculatus)

        Dose
        mL p.c./ha
        0,5

        Volume de calda (L/ha)
        100 a 200

        Nº máximo de aplicações
        2

        p.c. = Produto comercial (1 Litro de Opera® Ultra equivale a 130 g i.a. de Piraclostrobina e 80 g de Metconazol)
        i.a. = ingrediente ativo
        * Utilizar as maiores doses em áreas de alta incidência da doença e/ou para se conseguir um maior período de controle.

    Cultivo de trigo

      • cultivo de trigo

        O controle de ferrugem no cultivo do trigo deve ser iniciado quando 10 a 20% do número total de folhas apresentarem sintomas de ataque pelo fungo. Para as manchas foliares iniciar as aplicações quando 15 a 20% do número total das folhas apresentarem sintomas de ataque.

        Tabela de dosagem

        Alvo biológico
        Nome comum/científico
        Mancha-amarela (Drechslera tritici-repentis), Giberela (Fusarium graminearum), Ferrugem-do-colmo (Puccinia graminis f. sp. tritici), Ferrugem-da-folha (Puccinia triticina)

        Dose
        mL p.c./ha
        0,5 - 0,75

        Volume de calda (L/ha)
        100 a 200

        Nº máximo de aplicações
        2**

        p.c. = Produto comercial (1 Litro de Opera® Ultra equivale a 130 g i.a. de Piraclostrobina e 80 g de Metconazol)
        i.a. = ingrediente ativo
        * Utilizar as maiores doses em áreas de alta incidência da doença e/ou para se conseguir um maior período de controle.
        ** Trigo: máximo de duas aplicações, quando utilizar a menor dose. Uma ÚNICA aplicação, quando utilizar a dose mais alta. Para maiores informações: vide item NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO.

      Composição 

      INGREDIENTES ATIVOS
      Piraclostrobina + Metconazol

      GRUPOS QUÍMICOS
      Estrobilurina + Triazol

      Concentração
      130 g/L + 80 g/L

      Formulação
      EC (Concentrado Emulsionável) 

      Embalagem

      10 x 1 L
      4 x 5 L

      Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos. Incluir outros métodos de controle dentro do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Uso exclusivamente agrícola. Restrições temporárias no Estado do Paraná: Opera® Ultra para os alvos Myrothecium roridum no algodão, Corynespora cassiicola na soja, Phakopsora pachyrhizi na soja e, Puccinia graminis f. sp. tritici no trigo. Registro MAPA: Opera® Ultra nº 9310.

    TOP
    PROD-AEM