Choose a location

    Controle de pragas pulgas


    Pulgas

    As pulgas podem atacar animais domésticos, silvestres e seres humanos. Esses pequenos insetos causam irritações cutâneas e transmitem doenças como peste bubônica, tifo murino, viroses, vermes e salmonelose.

    As pulgas são insetos que se alimentam do sangue de seus hospedeiros como cães, gatos, aves e seres humanos. Essas pragas medem de 2 a 3 mm. Apesar de não terem asas, as pulgas são habilidosas na hora de pular. A estimativa é que o seu pulo alcance 300 vezes a sua altura.

    Entre as principais espécies destacam-se a pulga do cão (Ctenocephalides canis) e a pulga do gato (Ctenocephalides felis).

    Apesar do nome, a pulga do cão também ataca seres humanos, gatos e ratos. Já a pulga do gato é mais comum em regiões de clima quente e é considerada de maior severidade entre cães e gatos. Essa espécie pode atingir outros animais como roedores, cabras, bovinos, raposas, entre outros mamíferos.

    Quando adultas, podem depositar até 600 ovos que ficam alojados na pele, pelagem ou penas do animal. Porém, a maior parte do seu ciclo de vida, por volta de 100 dias, ocorre fora de seu hospedeiro.

    Nesse sentido, é importante manter os ambientes limpos para evitar a proliferação das pulgas. A BASF recomenda um controle integrado, eliminando tanto as pulgas que se encontram nos animais quanto as que estão nas instalações onde eles vivem.

    TOP
    PROD-AEM